sábado, 22 de setembro de 2012

The Peter Pan Way Of Life


  I don't want to be a princess like Snow White or Cinderella, I feel like I want to be just like Peter Pan. Go to a land where I'll never grow up.
  I know there is a 'crisis of 40 years', but I am turnning 18 and my life is about to change a lot. I don't know where I 'll be living four months from now. That's really scarry!
  If I could go to Neverland I'd swim with the mermaids, play some pranks with the pirates and keep flying and flying with Tinker Bell.
  People say that adolescence is the best time of life, and they are not wrong. When you are a teenager you are not afraid of the consequences, even though you should. The most important thing is to enjoy life as much you can, laugh often and love intensivily.
  Is sad to think that most of the people who turned into adults already forgot it, and I don't want to be one of them, I want to keep my inner child alive.
  In the future people might think I am insane but I hope I'll still know how to enjoy life.
  Maybe I am overthinking but I really want to go to Neverland.

sábado, 15 de setembro de 2012

Book review: Mockingjay/ A Esperança


  Pra quem  não viu, eu fiz a resenha dos outros dois livros da série; Os Jogos Vorazes e Em Chamas.

  Bom, por conta da minha nova rotina eu resolvi fazer em formato de post mesmo, porque demora muito menos do que em vídeo, mas assim que eu terminei o Em Chamas eu já comecei o último da série.

  Falando um pouco sobre os aspectos físicos do livro, a capa segue o mesmo estilo do segundo livro, tem capa dura, escrita e imagem metalizados, e uma "segunda capa de papel" que é a capa dos livros que não são hard cover. O estilo de capa mais bonito, na minha opinião.

  Nesse livro não aparece nenhum personagem novo, e o clima de constante perigo continua, porém, nesse ano não haverá  nenhum jogo mas as guerras.
  Tenho que admitir que a leitura dessa série na maioria me pareceu uma coisa continua e monótona quando os pensamentos da Katniss eram expostos. Spoiler Alert: Depois da metade do livro, a Katniss perde uma pessoa querida. Essa foi a segunda vez que eu quase chorei lendo um livro (nunca chorei literalmente, só cheguei a lacrimejar.), foi a parte mais triste, sentimental e tocante de toda a saga.
  Da saga inteira esse foi o livro que mais instigou a minha imaginação, pois existem algumas cenas incríveis que implicam situações e cenários muito bem desenvolvidos. Fico me perguntando como essas cenas vão ficar no filme.
  Ah, quase me esqueci de falar que esse livro também é em inglês.


Sinópse

  Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. 
  A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. 
  O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? 
  Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.


  Quem já leu pode deixar a opinião nos comentários (só não vale dar spoiler, heim?) e quem não leu pode correr pra livraria ou pedir emprestado pra amiga!
 Smack!