segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Book review: Zumbis X Unicórnios



  Zumbis X Unicórnios foi o primeiro livro de crônicas que eu li, e adorei.
  Com exceção do título a capa inteira é fosca. Páginas amareladas, e no topo de cada página tem um logo de zumbi ou unicórnio, de acordo com a crônica.


 O livro é um projeto que nasceu da discussão da Holly Black (Time Unicórnio) e a Justine Larbalestier (Time Zumbi) para decidir qual das duas criaturas é a melhor.



  Time Unicórnio: Kathleen Duey, Meg Cabot, Garth Nix, Margo Lanagan, Naomi Novik e Diana Peterfreund.
  Time Zumbi: Libba Bray, Alaya Dawn Johnson, Cassandra Clare, Maureen Johnson, Scott Westerfel e Carrie Ryan.


  Antes de cada conto tem um breve dialogo entre a Holly e a Justine. Achei ótimo o livro ser dividido entre vários contos, porque nessa de "Vou ler só mais esse capítulo", você já mata várias páginas.






 O meu conto favorito sobre zumbi foi o "Inoculata" do Scott Westerfeld, já o de unicórnio foi o "O cuidado e a alimentação de seu filhote de unicórnio assassino" da Diana Peterfreund.
 E eu ainda não consegui decidir qual é o meu time, pois esse livro mostra que zumbis não são apenas comedores de cérebros, cinzentos, que cheiram a morte, e que nem todos os unicórnios são branquinhos, andam em arcos-íris e são doces.


  E você que já leu, qual é o seu time?
  Meu Skoob!

Bezo no heart!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Book review: A Hospedeira


Olhando os  posts passados é possível perceber um certo padrão entre as minhas escolhas literárias, que estão sempre ente ficção e fantasia. E dessa vez não foi diferente.



A capa é inteiramente envernizada, o título e o nome da escritora estão em alto relevo. Adorei o detalhe do olho na foto. Tem o círculo prata que todas os humanos "ocupados" têm. As folhas são amareladas e os capítulos curtos (amo²).

A hospedeira é um livro que nos apresenta um mundo onde os humanos não estão sozinhos no universo (sabia!), e onde a Terra já não pertence aos humanos. A estória se passa pelo ponto de vista da Peregrina, uma alma que foi introduzida no corpo de Melanie, uma humana considerada selvagem. A estória é muito boa, de uma criatividade tamanha, apresentando outros mundos, espécies e raças. 

O começo é bem lento e até meio chatinho, o que me fez perceber que eu não sou a maior fã do estilo de escrita da Stephenie Meyer, ela dá muitos rodeios e não é muito objetiva (isso mata gente curiosa, tipo euzinha). Em compensação a última parte fica de matar! Passei a madrugada inteira acordada porque eu precisava saber o que ia acontecer. 


O jeito como o livro termina me faz pensar que vai ter continuação, Yay.
Eu só tenho um aviso: Não recomendo pra quem é realmente MUITO religioso.


Curiosidade literária: Desde Os jogos vorazes eu pude perceber uma certa 'tendência', onde as estórias se passam em cenários distópicos. Além de 'A hospedeira' é possível perceber essa tendência em 'Divergente', 'Destino', 'A seleção', 'The maze runner' e muitos outros.

Outra coisa... Fizeram um filme do livro!!!! Será lançado em março do ano que vem.
Assiste o trailer ai!


Ficou com vontade de assistir né? Pois é, eu também!
Alguém aí já leu? Está lendo? O que achou? (cuidado com os spoilers)

Deixarei o link da Saraiva (que é onde eu sempre compro os meus livros).

E eu fiz uma conta no Skoob, que quiser pode me adicionar.
Eee...um bêzo.

sábado, 22 de setembro de 2012

The Peter Pan Way Of Life


  I don't want to be a princess like Snow White or Cinderella, I feel like I want to be just like Peter Pan. Go to a land where I'll never grow up.
  I know there is a 'crisis of 40 years', but I am turnning 18 and my life is about to change a lot. I don't know where I 'll be living four months from now. That's really scarry!
  If I could go to Neverland I'd swim with the mermaids, play some pranks with the pirates and keep flying and flying with Tinker Bell.
  People say that adolescence is the best time of life, and they are not wrong. When you are a teenager you are not afraid of the consequences, even though you should. The most important thing is to enjoy life as much you can, laugh often and love intensivily.
  Is sad to think that most of the people who turned into adults already forgot it, and I don't want to be one of them, I want to keep my inner child alive.
  In the future people might think I am insane but I hope I'll still know how to enjoy life.
  Maybe I am overthinking but I really want to go to Neverland.

sábado, 15 de setembro de 2012

Book review: Mockingjay/ A Esperança


  Pra quem  não viu, eu fiz a resenha dos outros dois livros da série; Os Jogos Vorazes e Em Chamas.

  Bom, por conta da minha nova rotina eu resolvi fazer em formato de post mesmo, porque demora muito menos do que em vídeo, mas assim que eu terminei o Em Chamas eu já comecei o último da série.

  Falando um pouco sobre os aspectos físicos do livro, a capa segue o mesmo estilo do segundo livro, tem capa dura, escrita e imagem metalizados, e uma "segunda capa de papel" que é a capa dos livros que não são hard cover. O estilo de capa mais bonito, na minha opinião.

  Nesse livro não aparece nenhum personagem novo, e o clima de constante perigo continua, porém, nesse ano não haverá  nenhum jogo mas as guerras.
  Tenho que admitir que a leitura dessa série na maioria me pareceu uma coisa continua e monótona quando os pensamentos da Katniss eram expostos. Spoiler Alert: Depois da metade do livro, a Katniss perde uma pessoa querida. Essa foi a segunda vez que eu quase chorei lendo um livro (nunca chorei literalmente, só cheguei a lacrimejar.), foi a parte mais triste, sentimental e tocante de toda a saga.
  Da saga inteira esse foi o livro que mais instigou a minha imaginação, pois existem algumas cenas incríveis que implicam situações e cenários muito bem desenvolvidos. Fico me perguntando como essas cenas vão ficar no filme.
  Ah, quase me esqueci de falar que esse livro também é em inglês.


Sinópse

  Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. 
  A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. 
  O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? 
  Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.


  Quem já leu pode deixar a opinião nos comentários (só não vale dar spoiler, heim?) e quem não leu pode correr pra livraria ou pedir emprestado pra amiga!
 Smack!

domingo, 26 de agosto de 2012

Diário de Intercâmbio - Episódio 31: Entrevista com Michelli



Novo vìdeo no ar!!! Todos falam: Amèm.
Entrevista com a fofa da Michelli!

P.S.: Algum de vocês jà foi assaltado uma vez? Eu fui ontem quando estava voltando do cursinho, e foi praticamente na esquina da rua da minha casa, incrìvel! Eu acho que nunca passei por coisa mais ruim na minha vida!

domingo, 12 de agosto de 2012

Vida de vestibulando


  Oi, pra você que assim como eu está na reta final do terceiro colegial e está se preparando pra fazer vários vestibulares.
  Eu não vou ficar pedindo desculpas pela demora e blá blá blá porque isso é meio maçante, mas eu devo falar que conforme for aparecendo uns intervalos eu irei postar. Bom isso é só um random update, então não tem nada de muito especial. Mentira tem sim!
  Bom as minhas aulas começaram essa semana e o cursinho começou na terça-feira. Minha nova rotina se resume em: Eu estudo das 7:10 am às 18:35 pm, faço Jazz das 20:30 às 21:30. Pois é minha vida está uma verdadeira correria, sem contar que eu tenho aulas de sábado e simulados nos finais de semana. Tenho que sair de casa daqui uma hora e meia pra fazer um simulado em pleno dia dos pais!
  Se passou apenas uma semana e eu já estou me sentindo uma bagaço!
  Eu acompanho vários vlogueiros/blogueiros e é sempre a mesma coisa, é só chegar essa época que a frequência dos posts fica menor, eu é que não seria a exceção.

Agora eu quero conversar um pouquinho...

  Gente vocês já foram assistir o filme da Katy Perry? Se não, por favor vá! Eu nunca chorei tanto assistindo um filme, me senti no show de novo (se você se lembra de quando eu fui eu fui no show dela você é demais²!)
  Eu vou na bienal do livro essa semana, estou louca pra ir. Eu tenho quase certeza que eu vou no domingo, então se você me encontrar por lá vai falar comigo, ok? Eu vou adorar conhecer vocês!
 E só mais uma última coisa que música vocês têm ouvido? Acontece que eu estou meio sem tempo pra ficar ouvindo música, mas as músicas do meu i-pod já estão meio velhas, e é um saco pegar ônibus sem música.

E um bezu no heart de vocês!

terça-feira, 17 de julho de 2012

Perguntas e Respostas

Eu selecionei algumas perguntas que podem ajudar vocês e algumas que jà são um pouco recorridas.
Se você tiver mais alguma pergunta è sò deixar nos comentàrios.

 Eu fui com a CanadaAir.

 Eu não conheci de verdade alguèm mas eu conversei com as pessoas que sentavam perto de mim. Uma das coisas que eu gosto sobre avião è conversar com estranhos (não sei por quê), alèm de assistir filmes e da comida.

 A primeira coisa que eu fiz para me enterar do assusnto foi ir à famosa "Feira do Estudante", onde eu conhe vàrias agências e diferentes programas. Depois disso eu comecei a fazer uma seleção por preço, indicação, "prestìgio", se oferecia aquilo que eu queria e por programas. No final acabei com a ACM. Não tenho certeza absoluta, mas entre 15 e 20 mil reais, contonda as viagens e atè o donuts que eu comprei na SevenEleven, haha.

 (Vou pular a parte em que eu respondi as coisas mais "pessoais".)
1. Seja você mesma. Essa è a dica mais bàsica mas è a mais pura verdade. Você pode atè tentar se reinvertar (como eu fiz, tentando deixar de ser tão tìmida), mas não crie alguêm que não è você.
2. Não seja "fresca", seja easygoing (uma pessoa que "topa tudo"). Tope fazer/comer coisas novas (propòsito do intercâmbio).
3. Seja responsàvel e tome atitudes. Ex: limpe suas coisas, limpe seu quarto (o que nào è mais do que sua obrigação). Se ofereça para ajudar com a louça, na hora de arrumar a casa, etc.
4. Os convide para fazer alguma coisa. Assistir um filme (mesmo em casa), dar uma volta no parque, etc.
5. Acima de tudo não tenha vergonha de falar! Dica estranha eu sei, mas muitas pessoas têm problemas co isso. Eles sabem que você vai falar errado, e mesmo se você for muito bom no inglês, voccê irà soar diferente para eles, então não se iniba!

Sim, as coisas são bem mais baratas (principalmente eletrônicos). Voltar fluente ou não vai SEMPRE depender do grau de dedicação da pessoa, Mas não existe sombra de dúvidas de que o intercâmbio melhora o idioma estudado. Eu levei um pouco de comida sim (os presentinhos), mas como era pouca coisa ninguèm mexeu na minha mala.


As pròximas perguntas estarão sem nome porque eu não conseegui falar com o autor ou a pessoa não quis se expor.


- Você saia com a sua host family? Eles te levavam pra passear com eles?
 Sim, eu sai com eles sim. Tudo que era perto de casa e durante os fnais de semana eles me chamavam pra passear com eles. Eu sò não saia muito com eles porque os nossos horàrios não batiam muito.


- Qual è o seu Facebook, Twitter e MSN?
ZENTII, eu não tenho MSN (eu não gosto de MSN), mas vocês pode falar comigo pelo meu Facebook que è esse aqui. E esse è o meu Twitter.


- E ai, jà decidui o que vai fazer na faculdade?
Quase!!! Amannhã eu irei pela ùltima vez encontrar a psicòloga que està fazendo o meu teste vocacional, se vocês quiserem eu faço um post de como eu decidi, o que me levou à tomar essa decisão, etc.


Bizu no heart pessoal!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

TAG: (50) Coisas Aleatórias no Meu Quarto



 Originalmente eu teria que mostrar 50 coisas, mas eu não achei nada mais interessante. Eu estava morrendo de tédio então resolvi gravà-la. Espero que vocês também se divirtão!

terça-feira, 10 de julho de 2012

E a saudade como fica?

 Acho que eu nunca falei sobre saudade por aqui. A saudade de ir para outro país e deixar sua família e amigos em casa.
 Mais pra baixo tem a versão em inglês!
 Aviso: quando eu escrevo em inglês eu fico meio empolgada, então pode ser que apareçam algumas palavras feias. Sorry!


 Bom, eu não sou uma pessoa de sentir saudade, comprada à muitas pessoas eu não senti nada de saudades.
 Eis o que eu pensava - Essa não é uma despedida permanente, eu não estou me mudando estou indo fazer um intercâmbio e dentro de dois meses eu os verei novamente. - Mesmo se eu fosse passar um ano (eu iria passar dois meses ou um ano) eu iria pensar do mesmo jeito.
 Outra coisa que eu pensava é; se eu vou fazer um intercâmbio e ficar me lamentando o tempo inteiro por coisas que eu poderia estar fazendo, e com outras pessoas, por que é que eu vou fazer um intercâmbio?!                     

 Estar sozinho é um dos propósitos do intercâmbio, então pare de chorar e aproveite o tempo que você tem pra fazer coisas que você talvez nunca voltará a fazer!
Uma coisa que todos os futuros intercambistas (e os recentes também) deveriam saber é: não compare o que você tem com o que você tinha ou poderia ter (isso vale pra quando vocês voltarem pra casa também!), isso vai fazer tudo ficar mais difícil.

Você fez/está fazendo intercâmbio? Como você se sente?


 Well, I'm not the kind of person who miss stuff/pelople a lot, compared with other people I missed nothing.
 What I used to think was - This is not a permanent goodbye, I'm not moving I'm going to do an exchange and in two months I'll see them again. - Even if I was going to stay for a year (I would stay for two months or a year) I'd think the same way.
  Another way that I used to think was; if I'm going to do an exchange and be regret all the time about things that I could be doing, with diferent people, why (the fuck!) am I doing an exchange?!

 Being alone is a part of the exchange, so stop crying and go there enjoy your time and do stuff that you might never do again!
 One thing that every exchange studant should know is: NEVER compare what you have with what you used to have and what you would might have (it also works for when you go back home!), it is just going to make everything worse.

Did you do/Are you doing an exchange? How do you feel?


quarta-feira, 4 de julho de 2012

Book review: Catching fire/ Em chamas



Pessoal isso é só uma experiência, mas espero que vocês gostem!
E o que vocês acharam do livro?
Post do Hunger Games.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Estudando uma nova língua


Realmente, faz muito tempo que eu não faço um post decente por aqui. Como muita gente me pediu eu darei algumas dicas e falar como eu fiz pra aprender, e tornar isso uma atividade de lazer ao invés de uma obrigação.
Bora ver?

A primeira coisa que é necessário ter em mente é que você nunca irá aprender uma língua se tiver preguiça ou má vontade. Estamos falando de outro idioma, não de História ou Matemática.
O que você gosta de fazer? Cantar/ouvir música? Ler? Assistir filmes/séries? Todos? Melhor ainda!

Quando eu comecei a descobrir o meu interesse por música eu acabei descobrindo que as internacionais são as que mais agrandam os meus ouvidos. Na época eu só estudava inglês na escola, e eu não entendia o significado das músicas. Comecei a pesquisar, via a tradução da letra e também a original. Não existe meio melhor para se melhorar a pronúncia do que cantando! Escute a música 132468476315468 de vezes até você saber exatamente como se pronuncia cada palavra, e se você ouvir essa tal música daqui a 20 anos, você ainda vai lembrar da letra (se não, não vale!).

Eu sei que tentar ler um livro em outra língua pode ser difícil no começo, mas não é a única coisa. Procure um site, um blog, uma revista, qualquer coisa que trate de um assunto que você gosta e é redigido na língua que você está estudando. Antes de passar para os livros, eu costumava ler quadrinhos em inglês. Sim quadrinhos. Principalmente 'A turma da Mônica' (tem em qualquer banca que você for) e Snoopy. A leitura, fora do material da escola, é um meio de expandir o  seu vocabulário enquanto você se diverte.


Eu sou uma cinéfila de carteirinha, passaria o dia inteiro assistindo filmes se eu pudesse. E eu também amo assistir séries. Agora, vá à sua prateleira/locadora e pegue o seu filme favorito. Se você quiser assista dublado SÓ UMA VEZ, assista umas duas com legenda em português, depois assista mais algumas vezes com a legenda em inglês, e enfim assista o filme sem nada! Se o seu nível já for mais avançado pode pular algumas etapas. O seu 'listening' vai melhorar muito, pois exige que você entenda o que esta sendo falado na velocidade 'normal', e não na velocidade 'é-meu-primeiro-dia-de-aula'.

Uma alternativa para os filmes/séries são vídeos no YouTube. Eu sempre me inscrevi em canais de garotas americanas que falam sobre 'coisas de meninas' (haha) e eu aprendi muito com elas.

Dê seu toque pessoal e torne isso uma coisa gostosa de fazer. Depois que eu comecei a 'estudar' desse jeito, o inglês passou a ser uma coisa totalmente diferente pra mim, e toda vez que eu penso que eu estou indo pra aula, eu fico feliz. 

Photos by WeHeartIt

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Amanhã é o último dia que eu terei de ir pra escola, pra fazer a última prova. Estou louca pra ficar de férias!
Pessoal você gostariam se eu fizesse (nem que só por experiência) uma resenha de livro em vídeo, ou vocês preferem em post mesmo?
Bj

terça-feira, 12 de junho de 2012

Is so hard to say goodbye


 No fim de um dia difícil, aqui estou eu. Com as mãos sobre o teclado, esperando as palavras surgirem em minha mente, enquanto a única coisa que insiste em aparecer é uma nova lágrima.
 É difícil traduzir o que estou sentido em palavras. Não sei se pela overdose de emoção, ou pelo fato de que eu não sou a melhor com palavras. Queria poder fazer um texto bonito e cativar quem está lendo, mas a única coisa que eu realmente me importo de realizar de fato, é desabafar.

 É engraçado como o provérbio "só damos valor á algo quando perdemos" pode ser facilmente aplicado em nossas vidas. Felizmente nem tudo é assim, a perda de algo pode nos mostrar o quão importante e significativa a tal coisa era em nossas vidas.

  Ter alguém ao lado todas as manhãs, só para não tomar o café da manhã sozinha, ter uma plateia enquanto  canto ou danço feito louca na frente do espelho, ou somente alguém para avisar se uma pessoa está entrando em casa; não é qualquer um que faria isso, mas existe alguém que fez. Alguém que muitos não dariam grande importância, e alguém que alguns pensam que eu não dava tanta atenção, mas alguém que se importava comigo.

  Como é possível um ser tão pequeno deixar um vazio tão grande? A casa quieta, ninguém pra me avisar quem chegou, os brinquedos sem um dono,  os corredores vazios, é assim que esse lar será daqui por diante.

 A única coisa que eu gostaria era de ter sido capaz de dá-la um último abraço, e não ter  a deixado sozinha em suas últimas horas. Imagino o quão assustada ela estava enquanto via somente rostos estranhos a sua volta, com coisas estranhas nas mão e falando coisas estranhas, e tudo o que precisava, era ouvir uma voz familiar.

 Hoje é só a primeiro dia em que irei dormir pensando nela, e só o primeiro dos muitos em que irei sentir sua falta.
 É assim que hoje, 11/06/12, digo um doloroso adeus á uma querida amiga.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

More about me



Gente, como vocês puderam perceber eu não sou a melhor no inglês, e tenho que admitir que eu fiquei super nervosa de falar em inglês na frente da câmera.
Espero ter divertido vocês pelo menos.
E deixem mais sugestões de vídeos!

domingo, 20 de maio de 2012

Karmin


Genthy vou apresenta-los a minha dupla favorita ever! Karmin!
Tenho que adimitir que o estilo Rap, Hip-Hop não é bem o meu, mas eu amo os cover que eles fazem e suas músicas originais também!



Amy Heidemann e Nick Noonan começaram seu sucesso pela blogosfera, quando publicaram o cover de "Look at me now" do Chris Brown, que recebeu milhões de visualizações. Mais uma prova de que o You Tube é um berçário de talentos.
Esse ano eles já entraram em turnê, mas isso depois de ralar MUITO. Eles mesmos dizem que estavam completamente quebrados no começo.
E é claro que eu não posso deixar passar em branco o fato de que eles são super estilosos e engraçados, né?

Não canso de apertar o replay quando ouço Brokenhearted, é a minha favorita!




G-zuz, será que alguém pode me explicar como é que a Amy consegue falar tão rápido em I told you so?




Eu amo esse cover de Super Bass!


E mais um vídeo pra vocês verem como eles são demais.

Perguntas e Respostas



Primeiro vídeo de perguntas e respostas! Espero que vocês tenham gostado :) Para perguntar alguma coisa é só escrever nos comentários!
Beijo genthy!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Bloopers Are Super!

Depois de dois dias editando (Sim, DOIS dias!), aqui está o vídeo de outtakes!
Hope you like it! Or at least have some fun.

sábado, 28 de abril de 2012

The Hunger Games

Enquanto eu estava organizando alguns posts antigos, percebi que faz mais ou menos um ano que eu não falo sobre algum livro por aqui.Então aqui vou eu!


Alguns meses antes de eu ir para o Canadà estava pesquisando por alguma sèrie para "repor" Harry Potter, uma forma de placebo, e encontrei muitos vìdeos de "resenha" falando sobre a sèrie, mas nem dei muita bola.
Quando eu estava no Canadà, estava louca pra comprar livros em inglês, e depois de mais pesquisas e de ler a sinopse do livro, foi batata, fiquei louca pra comprar!Acabei comprando os três de uma vez (amo/sou consumista, oi!), então mais pra frente faço um post falando do outros dois.
Todas as vezes que vou falar sobre o livro ou o filme não consigo falar "Jogos Vorazes"de primeira, por que li os livro em inglês.Acho que isso explica o tìtulo.


A història se passa em um mundo pòs-apocaliptico, onde existe um tipo de hierarquia muito forte entre os estados que compõem o paìs de Panem. A història è contada pelo ponto de vista da protagonista Katniss, algo que enriquece o livro, dessa forma entramos e contato com a mesma e sua personalidade.
Com a carência de momentos felizes e vàrios momentos melancòlicos, onde Katniss lembra de seu falecido pai, a intensidade como tudo vai se desenvolvendo è incrìvel, do tipo - Mãe, eu não vou dormir agora, preciso terminar de ler o capìtulo! -, e vai dormir às 3 da manhã (o que eu òbviamente fiz!).
O final do livro deixa um gostinho de quero mais que poucos livros me fizeram sentir.
Resumindo: A trilogia è narrada de forma inteligentìssima, com uma protagonista feminina forte e complexa (algo difìcil de se encontrar), em um contexto sociopolìtico extraordinàrio, personagens psicologicamente bem estruturados , o que me viciou logo no primeiro capìtulo.


Acredito que muita gente jà assistiu o filme (que è muito fièl ao livro), mas recomendo que, se interessar, leia  o livro.

Sinòpse
"Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?"


Photos from We Heart it

sexta-feira, 27 de abril de 2012

52 weeks - March

 Quase um mês atrasada, mas aqui está o post das fotos de março.
Ultimamente eu ando pensando em algumas novidades.Logo, logo eu comento com vocês, pra saber o que vocês querem/acham.
Amanhã a noite eu vou editar o vídeo dos vôos de volta.GENTHY tá acabando!!!!

9/52 Places I want to go



                   


                           



terça-feira, 17 de abril de 2012

Diário de Intercâmbio - Episódio 26: Último dia em Vancouver


Por que o Youtube sempre escolhe as piores caretas como miniatura?
Um pouco do que eu fiz no meu último dia...e a noite a festa de despedida.
Buuááááá!

segunda-feira, 16 de abril de 2012



Meu nickname no Pottermore: LeviosaLumos19282
Se a tecnologia resolver ficar de boa comigo, amanhã tem vídeo novo!

terça-feira, 3 de abril de 2012

Diário de Intercâmbio - Episódio 23: Rotina Escolar


Achei um tempinho para editar mais um vídeo!E desculpas pelo treme-treme exesivo, eu não consigo gravar enquanto ando!
Pessoal, não se esqueçam de mandar suas perguntas, sugestões, etc!

xoxo, love you all
Carol

domingo, 1 de abril de 2012

Diário de Intercâmbio - Episódio 22: Estilo de vida dos Canadenses


Estou pensando em fazer um vìdeo de peruntas e respostas, então podem mandar as suas perguntas, que eu irei junta-las e responder todas em um vìdeo.
Aiaiai, só Deus sabe o quanto eu estou atrasada!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Ao virar de uma página

Na minha última aula de redação, o tema era livre.E adinhiva o que eu escolhi?Livros!Vocês sabem que eu sou apaixonada por eles até a morte. :D


É fácil encontrar um castelo encantado, ou a fada madrinnha.Basta virar a pàgina.
Primordialmente, livros eram a única atividade de entretenimento, independente das idades.
Entre muitas escolas literárias nasceu o Romantismo, responsável por aumentar as expectativas amorosas de todas as leitoras.O Romantismo "contemporâneo" não á nada similar ao Romantismo português.O contemporâneo está repleto de lobos e vampiros.
Voar em vassouras e enfrentar uma fera terrível com apenas uma espada na mão, não é impossível enquanto os olhos correm por palavras, linhas e parágrafos.
Após sofrer uma esperiência traumatizante o leitor sempre será capaz de buscar ajuda e abrigo, com um amigo que vive entre páginas que costumava ler durante tardes chuvosas de verão.
Atualmente, a quantidade de pessoas que têm prazer ao ler um livro é muito menor do que já foi um dia, porém, esses não foram esquecidos.
Além de sonhos um livro é muito capaz da trazer conhecimento e sabedoria.Apesar da industrialização universal e surgimento de novos computadores e aparelhos "touch", livro jamais serão substituidos.
Quem vai para a cama lendo um livro nunca dorme sozinho.

Amanhã (23/03) o primeiro filme da série Os Jogos Vorazes vai estrear, e eu estou morrendo para assistir!



terça-feira, 20 de março de 2012

Diário de Intercâmbio - Episódio 21: Meu Natal e Ano Novo

Dia do Blogueiro

Oi pessoal!
Estou passando para desejar a todos os blogueiros um feliz dia do blogueiro!
Em nome de todas as madrugadas que passamos editando fotos, vìdeos e posts, em nome de nossos amados blogs e leitores.
Blogs são os nossos mundinhos onde colocamos os nossos sonhos, experiências, confições e coisas que amamos.
Hoje è o nosso dia!




p.s.:Todas as fotos estão com as cores oringinais.
Se vocês quiserem ver as fotos maiores è sò clicar nelas. :)

segunda-feira, 19 de março de 2012

52 weeks - February

O mês de Fevereiro foi um pouco corrido pra mim, porque eu volte pra escola e eu quero ficar em dia com tudo!
Sò tenho três fotos! :(



quarta-feira, 7 de março de 2012

I still have places to go...

...and things to do.

Eu sei, eu sei.Você acharam que havia abandonado o blog, né?
Mas não, eu NUNCA faria isso!


Após um mês desde a minha chegada no Brasil (passa rápido, né?), o meu quarto, a minha casa, e principalmente a minha vida, continuam uma bagunça.
Eu já mencionei que assim que cheguei na minha casa eu estava de mudança.Uma mudança não se faz da noite para o dia, portanto, a minha casa ainda está bagunçada.Quanto ao meu quarto, eu arrumei á medida que pude, e fui deixando tudo com a minha cara.
Mas eu não estou aqui para falar como eu arrumo o meu armário.;D

Muitos de vocês sabem que eu estou no último ano do colegial.A matéria não esta difícil, pois é tudo revisão, porém, cada detalhe é importante.E estudar o mínimo, todos os dias é essencial(para o interesse de alguns, sim, eu sou estudiosa)!
Porém, quando coloco a minha cabeça no traveseiro e tento dormir, a minha preocupação não é a nota que receberei no final do bimestre, mas a carreira que seguirei!
Isso tem sido o meu maior problema nos últimos dias, e eu sei que, infelizmente ele persistirá por mais algum tempo.Tenho medo.E muito.

Tenho medo de fazer a escolha errada, de pegar um caminho que termina em um abismo e de me arrepender.Todos os dias eu mudo de idéia.Quero fazer tudo, e ao mesmo tempo nada parece me interessar.Fui pesquisar, pra tentar saber o por quê que todas as profissões parecem ser interessantes e aguçar a minha curiosidade.Os jovens da geração atual têm a tendência de fazer tudo ao mesmo tempo.

Não duvido dessa teoria, porém, se me apegar á ela não chegarei em conclusão nenhuma!Seres humanos são complexos, e eu não deixo de ser assim.Cinema, livros, fotografia, moda, música, dança, teatro e blogosfera são a minha paixão, não conseguiria viver sem tais coisas.Acontece que eu (assim como muitos(as) outros(as)) não sou apenas uma garota bonitinha(modo de falar gente!), que não se importa com o resto do mundo.Biologia, estudos sociais, química e reportagem/jornalismo também me chamam muito a atenção.

Ainda tenho algumas coisas á tratar por aqui e no vlog sobre o intercâmbio, mas assim que deixa-los á part de tudo, convido vocês a participar da minha busca por uma carreira, um futuro.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Competição Internacional: Resultado!

Oi todo mundo!
Estou passando aqui rapidinho para falar - Muito obrigada! -, por cada voto, por cada acesso, por tudo!
De 250 blogs eu fui a 60ª colocação!Não fiquei em primeiro lugar, tudo bem, mas fiquei dentro do "Top 100", e não fui nem em ùltimo! :D

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

52 weeks - January

Nossa faz um tempinho que eu não posto.Hoje eu não irei fazer nada relacionado com o intercâmbio (estou salvando o pròximo vìdeo agorinha!), eu vou voltar para os meus posts "fotogràficos"

Ese ano eu estou fazendo um projeto chamado 52 weeks, que segue um padrão parecido com o 365 days.O propòsito desse projeto è postar uma foto por semana.As minhas fotos ainda não estão as mais elaboradas, pois eu acabei de voltar, a minha casa està em reforma e eu estou no meu ùltimo ano da escola, entào eu estou um pouco atrapalhada.






Alguèm ai gosta tanto de fotografia quanto eu?Alguèm que aderir ao projeto?

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Competição Internacional

Gente preciso pedir uma coisinha pra vocês!!!

Algum leitor muito querido (desculpa mas eu não seu quem è!), indicou o meu blog para uma associação de intercâmbio.Todos os anos ocorre uma votação para escolher o "Top 100 Blogs", e eu estou là!!!Yeeeeey!Não è necessàrio dizer que eu estou feliz!!!
Clique aqui e vote em Carolinando.Se alguèm quiser divulgar pode ficar mais do que à vontade!
Agradeço desde jà pelo suporte!
Os meus Leitores são os melhores!<3

It's time to come back home

Os intercâmbistas que jà voltaram (por que não existe ex-intercâmbista!) provavelmente sabem como eu estou me sentindo.
Nesse exato momento eu estou sentada no aeroporto de Vancouver, somente esperando a hora dos portões abrirem.Meu host dad me trouxe aqui no aeroporto.No caminho a minha ùnica reação foi de surpresa.Eu fiquei praticamente o caminho inteiro falando:"Mitch, eu não acredito que eu estou voltando pra casa, você tem certeza que hoje è o dia certo?".Embora eu soubesse desde o começo que em poucos meses eu estaria voltando pra casa, e ainda não consigo acreditar que eu realmente estou voltando.Isso è um tanto quanto estranho.

Tente imaginar:Durante anos você fica sonhando com alguma coisa, e vive moldando esse sonho para que ele seje perfeito.Você dà seus primeiro passos para torna-lo realidade.As pessoas mais importantes na sua vida te apoiam.Você realiza o seu sonho.Agora acabou o seu tempo e você precisa voltar.

Não me resta um sò làgrima, tudo o que eu era capaz de chorar, eu jà chorei.Chorei de felicidade, chorei de saudade antecipada, chorei de orgulho e chorei na despedida.Não importa quando ou onde, qualquer despedida serà triste, ou pelo menos sempre terà alguèm triste.

Vou colocar um pedacinho da carta de "despedida"que eu fiz pra minha host family!

"Everyone has a dream. I have many, and one of my dreams was to make an exchange. Many people only appreciate what they have when they lost it and they realize how important it was for them, and how lucky they were. I'm not giving up my dream, I'm just saying goodbye and going to a new phase of my life. I'm very lucky to have lived what I lived. I'm very lucky to have known who I met. I'm very lucky to have learned what I learned. I have no words to describe how grateful I am that you have welcomed me as if I were a member of your family. I'll never be able to forget you or the times we spent together. Know that even with the distance I'll always be thinking of you, and that the day that any of you decide to visit Brazil, my house will be your house.I'm not saying goodbye to you, but "See you later.""